Índice



O objetivo desta seleção é, antes de tudo, fornecer uma base didática para o estudo da China Antiga. Longe de ser uma base completa, trato aqui dos dados mais superficiais e abrangentes que possam conduzir o interessado num estudo sério e esclarecido sobre o tema, de modo a realizar uma exposição que não seja nem cansativa, nem muito complexa. Inevitavelmente, somos obrigados a nos deparar com algumas relativizações teóricas necessárias ao aprofundamento do estudo desta civilização, cujas especificidades invocam um olhar bastante cuidadoso. No entanto, nos deteremos, aqui, num conjunto de explanações básicas que sirvam de referencial a todas estas questões. Igualmente, a determinação dos elementos bibliográficos serve a proposta inicial de tornar um pouco mais acessível este nosso estudo. Buscamos, pois, indicar textos que sejam facilmente encontrados, que estejam em nosso idioma e que sejam de academicamente válidos, afastando-me propositalmente de toda e qualquer publicação de caráter exotérico ou de fonte duvidosa. No caso específico da sinologia, sabemos que tais textos abundam em profusão, dificultando o estudo sério da China e comprometendo um trabalho esclarecido.

HISTORIOGRAFIA



HISTÓRIA

Civilização Chinesa, v.1 de Marcel Granet
História da China, de Richard Wilhelm
China Antiga, por W. Watson
China Antiga, de Jacques Gernet
História Chinesa Antiga, por Arthur Cotterell
História da China Antiga, por André Bueno


PENSAMENTO CHINÊS

História da Filosofia Chinesa, por Chan Wing Tsit
Escolas Filosóficas na China Antiga, por Ricardo Joppert


RELIGIÃO

Religião dos Tibetanos, por Mircea Eliade


ARTE CHINESA

Arte Chinesa por Gina Pischel

CIÊNCIAS CHINESAS



FONTES


Sugestões bibliográficas e links interessantes para a pesquisa sinológica.

..................................................

obs: No tocante a grafia dos nomes chineses, preservamos a forma original utilizada nos textos.